Manifesto da Pancinha – por Lili

15 de junho de 2010 - terça-feira - 18:41h   •   Categoria(s): Shuffling, Textos

Editado em 01.Jul.2010.

Meninas de todo o Brasil, tenho um conselho valioso para dar aqui: se você acabou de conhecer um rapaz, ficou com ele algumas vezes e já está começando a imaginar o dia do seu casamento e o nome dos seus filhos, pare agora e me escute! Na próxima vez que encontrá-lo, tente (disfarçadamente) descobrir como é sua barriga. Se for musculosa, torneada, estilo “tanquinho”, fuja! Comece a correr agora e só pare quando estiver a uma distância segura. É fria, vai por mim.

Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, ostentar uma barriguinha de chopp. Se não, não presta. Veja bem, não estou falando daqueles gordos suados, que sentam horas na frente da televisão com um balde de frango frito, e que, quando se abaixam, mostram um cofre peludo. Não! Estou me referindo àqueles que, por não colocarem a beleza física acima de tudo (como fazem os malditos metrossexuais), acabaram cultivando uma pancinha adorável. Esses, sim, são pra manter por perto. E eu digo por quê.

Você nunca verá um homem barrigudinho tirando a camisa dentro de uma boate e dançando como um idiota, em cima do balcão. Se fizer isso, é pra fazer graça pra turma – e provavelmente será engraçado, mesmo. Já os “tanquinhos” farão isso esperando que todas as mulheres do recinto caiam de amores – e eu tenho dó das que caem.

Quando sentam em um boteco, numa tarde de calor, adivinha o que os pançudos pedem pra beber? Cerveja! Ou Coca-cola, tudo bem também. Mas você nunca os verá pedindo suco ou coca-light. Ou, pior ainda, um copo com gelo, pra beber a mistura patética de vodka com “clight” que trouxe de casa. E você não será informada sobre quantas calorias tem no seu copo de cerveja, porque eles não sabem e nem se importam com essa informação.

E no quesito comida, os homens com barriguinha também não deixam a desejar. Você nunca irá ouvir um “ah, amor, ‘Quarteirão’ é gostoso, mas você podia provar uma ‘McSalad’ com água de coco”. Nunca! Esses homens entendem que, se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, você também não precisa estar.

Mais uma vez, repito: não é pra chegar ao exagero total e mamar leite condensado na lata todo dia! Mas uma gordurinha aqui e ali não matará seu relacionamento. Se ele souber cozinhar, então, bingo! Encontrou a sorte grande, amiga.

Ele vai fazer pra você todas as delícias que sabe, e nunca torcerá o nariz quando você repetir o prato. Pelo contrário, ficará feliz.

Outra coisa fundamental: homens barrigudinhos são confortáveis! Experimente pegar a tábua de passar roupas e deitar em cima dela. Pois essa é a sensação de se deitar no peito de um musculoso besta. Terrível! Gostoso mesmo é se encaixar no ombro de um fofinho, isso que é conforto. E na hora de dormir de conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.

Homens com barriga não são metidos, nem prepotentes, nem donos do mundo. Eles sabem conquistar as mulheres por maneiras que excedem a barreira do físico. E eles aprenderam a conversar, a ser bem humorados, a usar o olhar e o sorriso pra conquistar.

É por isso que eu digo que homens com barriguinha sabem fazer uma mulher feliz.

Bom, pelo menos o meu sabe.

Texto de: Lili (Carolina), ex-cunhada do Gravataí Merengue, escreveu durante 1 ano no blog dele.

Eu tinha postado esse texto sob o título “Homens com Barriga – por Carla Moura”. Mas como vocês podem ver nos comentários, o Gravataí Merengue me avisou que este texto é da ex-cunhada dele, e foi postado em Dez.2006, conforme este link.
Eu fico me perguntando o que leva uma pessoa a copiar na íntegra (tirando a última frase) o texto de uma outra pessoa e tomar a autoria pra si. Deve ser muita falta de auto estima!! Sinto pena, de verdade, pois é pura prova de ausência de capacidade.

Mas enfim, quem ainda não tinha apreciado o texto, tenham a oportunidade de fazê-lo com os créditos dessa vez atribuídos corretamente.

12 comentários para “Manifesto da Pancinha – por Lili”

  1. embora eu goste de um tanquinho, nem q seja sò p olhar, eu amei o texto…acho q vou parar de encher o meu namorado por causa de sua barriguinha um tanto grandinha…mas que acaba n importando em nada….e realmente , qdo se dorme de conchinha o encaixe è perfeito…
    bjinhos

  2. Ei, lia, sabia que esse texto é da minha ex-cunhada? Espalharam como sendo dessa Carla Moura, mas na verdade é da Lili (Carolina)…

    http://www.interney.net/blogs/gravataimerengue/2007/05/03/lili_copia_e_plagio/

    :)

  3. Ariane disse:

    Muito legal e verdadeiro esse texto. Sou noiva de um gordinho e estamos juntos 8 anos. É muito bom mesmo!!!!

  4. Paulinha disse:

    uahsuahsuahsua essa é útil ushauahsuah
    gostei.
    Até!
    XD

  5. ri mto com o post .. rsrs raxei mto , realmente os bonitões costumam ser os piores . começo ateh pensar que dei mta sorte mesmo !

  6. Ken disse:

    hahahaha!!!! que todas as mulheres do mundo leiam seu blog e gostem!!! kkkkk
    não da para ficar sem chopp!!!! =)

  7. Cih disse:

    Já havia enviado este texto para o meu bofe. Todo homem bom tem barriguinha, mesmo que seja mínima. hahaha
    Kiss

  8. KKK recebi esse texto via e-mail e comcordo! ^^

  9. Felipe Nasca disse:

    Obrigado por postar esse texto, Lia! Apesar de mais magro que grilo de dieta, eu tenho sim uma barriguinha saliente que não some nem com reza brava! Fiquei mais tranquilo ao ler seu post.

    Não que eu tenha me identificado 100% com essa descrição também… tem aquele lance do “vegetarian boy”, mas mesmo assim é um alívio imaginar que não preciso ser um colírio de revista ou Arndold Schwarzenegger para despertar interesse em alguém!

    Kisu!

  10. Lina disse:

    Ah sim e esqueci de dizer do final, que simplesmente resume tudo! :)

  11. Lina disse:

    Com certeza, também sou super a favor do texto! Homem com tanquinho é fria mesmo! hAHHAHAUA
    Adorei o texto!

  12. Raphael Motta disse:

    Oxalá Lia, Oxalá todos todas as mulheres tivessem essa consciência! =)

Deixe um comentário