Restaurantes japoneses engana-trouxa

18 de março de 2011 - sexta-feira - 16:19h   •   Categoria(s): Cultura japonesa, Recomendações... ou não!

Sou descendente de japa. Gosto de comida japonesa, mas admito que não como de tudo.
Torço o nariz pra um monte de coisa que acho que fede ou acho nojento.
E do fundo do meu coração, eu realmente estou bem longe de ser especialista no tradicionalismo da verdadeira culinária japonesa.

Mas eu sou criticamente avessa e contra esses excessos cometidos na “adaptação ao gosto brasileiro”.

Hoje fui no restaurante Mure, localizado na esquina da Rua Brentano com a rua Nanuque.
20110318_001Rodízio R$ 32,90 de sexta, sábado e domingo, almoço e jantar. (não anotei o preço de outros dias da semana)

Já definindo logo de cara: Não, NÃO GOSTEI.

A decepção já começou quando o garçom foi perguntando o que eu gostaria de comer do rodízio. Dentre os sushis com cream-cheese e California que eu – óbvio – recusei, de repente ele me solta:
“E sushi de goiabada? Vai querer?”
Meu cérebro quase explodiu nesse momento, mas preferi, como sempre, não espancar antes de ter certeza.
“Nossa…! Não…”, respondi com calma.

Analisando o que eu comi (infelizmente não tirei fotos porque fiquei com vergonha, rs):
- De entrada, uma carne branca meio fibrosa que eu nunca tinha comido na vida, com tempero azedinho-salgado-escuro e coberto de cebolinha. Na verdade, fiquei bem na dúvida pra saber se era carne mesmo, haha, ou se era, tipo, vegetal, mineral, sólido-líquido-gasoso. Devia ser algum tipo de peixe. Bonzinho, gostoso, mas não comi muito.
- Gyoza: frito, e não tinha opção de escolher se queria cozido no vapor. Mas com recheio bom e massa fina. Ok!
- Harumaki: crocante mas massudo. Argh!
- Misoshiru: simm, gostoso, apesar de um pouquinho salgado. Melhor que aguado, né!!
- Temaki: gostar de salmão batido com maionese e cebolinha é a maior contradição em relação à minha crítica com modismos na culinária japonesa. Isso eu assumo, de cabeça baixa. Mas… okonomiyaki não vai maionese, não? Aquela Kewpie (medonha)? Enfim, o salmão estava mal-misturado com maionese, e só tinha até a metade. A parte mais funda do cone era só gohan. Me senti com cara de sucker, que nem nos desenhos do Pica-Pau. Lixo!
- Tenpuras: somente cenoura, batata (doce??) e berinjela. Ruim, ruim!
- Sashimi: bem cortado, sem fibras, ok!
- Nigirizushi: 4 pequenininhos, com pouco arroz, ótimo pra não estufar a barriga com gohan. Ponto positivo!
- Uramaki: fui seca achando que era de salmão com maionese… mas era de cream cheese! Afff, quase vomitei! Vieram 4, sobraram 3.
- Jyo: depois de quase ter vomitado o uramaki, peguei um pouquinho da massa branca do jyo, provei e vi que era – ÉCA! – cream cheese também. Lixo!!! Os 2 que vieram ficaram na bandeja.
- Oshizushi: 2 unidades, lindinhos, cobertos com salmão batido, sem cream cheese, mas com um molho escuro doce e ruim, que não era nem molho de tonkatsu, nem teriyaki, nem tare. Ou era tentativa fracassada de ser algum deles.
Também tinha salmão grelhado, shimeji, yakisoba, sushi de salmão-skin e hot-rolls, que recusei ou preferi não comer, depois estar com o estômago revirado de frustração.

Honestamente, eu não me importo de comer pouco e pagar caro quando a comida é boa e você sai feliz. Mas não foi esse o caso.

Resumindo: se você gosta dessas ENGANAÇÕES que os restaurantes-que-se-dizem-japas servem, vá fundo, você vai gostar. Mas pense bem no que você está falando quando afirmar por aí “Aaai, eu adoro comida japonesa!!”.

12 comentários para “Restaurantes japoneses engana-trouxa”

  1. Prisla Silva disse:

    Fico triste pq nunca fui em um restaurante BOm aki no RJ.
    Acho incrivel quando as pessoas falam aki assim:
    Adooooooooro comida japonesa!
    Eu digo
    -É qual?
    -Yakisoba !
    Nota que yakisoba no Rio é feito por chineses!

  2. Felipe Nasca disse:

    Eu não tenho nada diretamente CONTRA essas maluquices com a culinária japonesa, mas dispenso. Não pelo sabor, que vai que eu gosto? Mas porque comer comida japonesa não é só experimentar um sabor para mim, é um modo que tenho de entrar em contato com a cultura de um país que tanto gosto.

    Por isso prefiro usar meu tempo e meu dinheiro com os pratos mais tradicionais, com aquilo que se come no Japão em dia de festa e em dia comum, comida de restaurante, de barraquinha e aquelas que só se come em casa (o que deve ser o mais difícil, rs).

    E a pior coisa desse tipo de culinária “califórnia-hot-roll-cream-chesse-com-manga” (como eu apelidei) é se vender como “comida japonesa”. #TemQueVerIssoAí … pra mim é propaganda enganosa, como você mesmo disse, Lia. Eles deveriam criar uma outra denominação para essa culinária. Como por exemplo aqueles pratos texanos inspirados na culinária do México, que não se vendem como “comida mexicana”, e sim como “TexMex”.

  3. Olá Lia!
    Se eu te apresentasse o hot holl de banana salpicado com canela você iria ter um infarto.
    Ahhh o detalhe que ele fica do lado do sushi de tomate seco e do sushi romeu e julieta (goiabada com queijo).
    Se quiser experimentar vá em Campinas http://www.samuraimix.com.br :)

    Gosto muito do seu blog!! E dos tweets tbém!

  4. Kiyomi disse:

    はじめまして、きよみです。よろしくお願いします!
    Lia, primeiro, localizei seu blog por comentários da Gesiane, Felipe Nasca e Jana. E gostei do sistema de estudar kanji!
    Bem, sem fugir do assunto: pra mim, cream cheese é usado pra fazer baked cheese cake e olhe lá! Nunca vi em alguma revista ou restaurante aqui (ah, desculpa, eu moro em Yokohama) que fizesse algum prato com misturas estranhas!! (tirando sorvete de matcha com azuki que eu não consigo tomar de jeito nenhum, nem forçada, mas como matcha e azuki são típicos, a gente bem que tenta relevar)
    Não sabia mesmo que andam fazendo misturas estranhas aí! Acho que o fato de eu estar 13 anos no Japão é que me deixam um pouco… hã… desatualizada…
    @Barbara, felizmente aqui não tem sushi de DORITOS. O doritos a gente come com molho salsa, ou puro mesmo ainda bem.
    Lia, salmao batido com cebolinha, vai lá… Mas com maionese??? O maximo de sushi que comi com maionese, é num kaiten sushi chamado Kappa Sushi que tem sushi de salmão com cebola e um pingo de maionese. E só.
    E pensar que o dito cream cheese eu uso pra fazer cheese cake…
    Beijao!

  5. Naga Faye disse:

    É muito cream-cheese! Não dá pra aguentar! Por aqui ainda não encontrei um restaurante que não tenha cream-cheese!

  6. Barbara Alves disse:

    Haha! Adorei sua crítica (não só a este restaurante, mas todos os “Temakidonald’s” que apareceram de um dia pro outro).
    Meu tio morou no Japão, e quando ele cozinha algo pra mim eu quase choro de emoção e sinto que tô num plano superior. Mas quando eu vou nesses pseudos-restaurantes-japoneses eu sinto como se estivesse comendo borracha.
    Um dia eu vi um sushi de DORITOS (existe isso lá no japão?). Se sim, desculpe a minha ignorânica, mas eu achei um credo aquilo.
    Daí quando eu falo que meu doce preferido é o bolinho de feijão doce (ou o-mandiu) o pessoal quase me apedreja.
    Pode uma coisa dessas?

  7. Janaína disse:

    Mas que fria hein Lia!!!! Um sensei provavelmente diria: “-Ah! que aberrações!!!”. Eu gosto de experimentar coisas novas e diferentes, mas essas descrições me lembrarão de nunca ir no Mure ^^. Uma vez no Gendai (em POA) foi terrível!!! gohan, carne e tenpura e MUITAAAAAA gordura, argh!

  8. Gesiane disse:

    Eu fico maluca com a quantidade de cream cheese que eles colocam na comida que se diz japa… minha sorte é que aqui em POA te UM, sim UM restaurante que me salva com tonkatsu, gyudon… *0*

  9. Ken disse:

    HAHAHAHAH é… para que ir ao rest dito Japones para comer comida italiana/brasileira/Russa?
    concordo 120% com seu post!

  10. Lina disse:

    Nossa, nem me fale! Já fui em um igual desses uma vez lá perto da Juscelino que tinha sushi com goiabada. Era tipo, romeu e julieta. Eu quis morrer, mas tá né.
    Gosto de comer bem (qm n gosta), mas tem restaurante que se diz japa ae, (e q é maioria rodizio), bemm ruimm mesmo viu. Deixa a desejar ainda mais pelo valor cobrado! :(

    Bjo Lia-chan. (adorei e devia ter tirado foto siiim, eu tiro na cara dura HUAuh)

  11. Raphael Motta disse:

    Lia, vc sabe que sou um ultra super amante da cultura japonesa e oriental em geral, do fundo do coração e tal… Mas sabe, eu curto tanto a comida mais tradicional quanto a com cream cheese! Hehehe… restaurante bom pra mim é aquele que serve as duas opções! Mas do jeito q vc descreveu esse, parece ruim mesmo…. nem quero chegar perto!

    Vou te dar uma dica do melhor custo benefício que já fui, e fazem tudo do jeito q vc gosta: Taki Sushi, na Av. Cotovias em Moema! Vale a pena!

    Beijos!

  12. Edu Pepe disse:

    Lia… como sempre sensacional a sua crítica.
    Essas pseudo TemakiDonaldrias devem mesmo tirar vc do sério!
    Bjos.

Deixe um comentário