Tag: ‘fashion’

Teorias quânticas da gravitação e esmaltes

4 de agosto de 2010 - quarta-feira - 21:20h   •   Categoria(s): Cotidiano, Lia

A energia requerida para perceber a natureza quântica da gravidade é enorme, e a física quântica nos diz quanto é enorme. Teoricamente, se conseguiss… NOSSA! Esse esmalte que eu passei realmente é lindo!”
Rsrsrs… Isso fui eu anteontem, com o livro que estou lendo atualmente. Mas isso SOU eu, transitando entre a minha eterna noia (livros) e a minha mais nova noia (esmaltes).

O livro chama-se Você Está Aqui, de Christopher Potter. Fala de assuntos ultra fucking-foda como Astronomia, Teoria da Relatividade, Física Quântica, Aceleradores de Partículas (quem leu Anjos e Demônios?), Teoria das Cordas (quem assiste The Big Bang Theory?), mas explicado de uma maneira não tão fucking-foda assim, pra pessoas que não são fucking-foda poderem entender. Dado que tem partes do livro que eu não entendo NADA, isso já é um bom aviso me dizendo que tô longe de ser fucking-foda. Mas não custa tentar. rs…
Ganhei o livro do meu gatito no Dia dos Namorados, só que não foi presente de Dia dos Namorados, rs.

O esmalte é um perolado shimmer (Amor 117 – Mohda) com uma camada de glitter (Criativa – Skin Color). As cores que eu uso continuam clarinhas, mas estou conseguindo ter coordenação para pintar com vernizes mais pigmentados, não tão transparentes como no comecinho.

Um dia eu escrevo melhor sobre esse meu jeito contraditório de ser… =)

Coca-Cola Light e Abruzzo

4 de maio de 2010 - terça-feira - 11:18h   •   Categoria(s): Shuffling

Agora há pouco eu mostrei no Twitter uma imagem de garrafas fofas da Coca-Cola. Fui dar uma pesquisada para saber o que eram.
Oito estilistas mulheres, por oito marcas da moda italiana, foram convidadas para criar estampas para a Coca-Cola Light, para um projeto beneficente que tem como objetivo pagar bolsas de estudo para jovens mulheres da região de Abruzzo, na Itália, que foi devastada por um terremoto em 6 de abril de 2009.
Foram elas:
- Donatella Versace
- Alberta Ferretti
- Anna Molinari (Blumarine)
- Veronica Etro
- Silvia Venturini Fendi
- Consuelo Castiglioni (Marni)
- Angela Missoni
- Rossella Jardini (Moschino)
As garrafas foram “desfiladas” na Semana de Moda de Milão em Setembro de 2009, ficaram expostas em pontos da cidade e um número limitado foi posto à venda.
Algumas das estampas seguem abaixo:
Mais estampas, neste link.

Punta Cana – comprinhas

28 de abril de 2010 - quarta-feira - 21:21h   •   Categoria(s): Viagens

Porque não só de passeios e belas paisagens que vive um turista, né? ^_~

A bebida típica da região, como vocês devem imaginar, é o rum.
A marca mais famosa é a Brugal. Segundo eles mesmos, “O nosso preferido é hoje admirado pelo mundo”. E aí tem as variações de acordo com a idade, a pureza, sabor: Blanco, Carta Dorada, Añejo, Extra Viejo e Titanium.
Eu comprei o Blanco mesmo.
Um outro rum que era muito bebido e muito falado era a Mamajuana. Além do rum propriamente dito, tem mel e ervas. Dizem que é afrodisíaca, que tem efeitos similares ao do Viagra, hehehe.
Eu comprei uma caixinha com 6. Já dei 4 de presente e pretendo manter uma pra mim, rs.

Na República Dominicana também se fabricam charutos artesanalmente. Apesar de não curtir muito charutos, comprei uma caixinha dos mini de baunilha.

Há também, dentre as coisas típicas, uma pedra chamada larimar. Ela é encontrada somente na República Dominicana e foi descoberta em 1974. Chama-se larimar porque o nome da filha do descobridor era Larissa, e por ter a cor da água do Mar do Caribe, onde foi encontrada.
Eu comprei um par de brincos, com a pedra bem pequenininha.

De resto, comprei algumas coisas “pop”, não-típicas.
Tipo, quando eu era adolescente, sempre via os boyzinhos e as pattyzinhas da minha sala virem com aquelas camisetas basiconas da Hard Rock de Los Angeles, Miami, Orlando, a puta-que-o-pariu, e morria de inveja.
Hoje eu acho até meio brega querer mostrar que foi pro exterior ostentando alguma coisa da Hard Rock… mas pô, eu sou noob, dá um desconto, é minha primeira vez, hehe.
Pelo menos eu não comprei aquela camiseta branca com o símbolo em marrom e amarelo. rs…
E uma caneca, porque eu estou começando a gostar de canecas… =P
E buttons, só pra fazer uma pressão distreta…
Essa bolsa, putz, me apaixonei por ela assim que eu vi. Tinha também em branco e rosa.No frixóp, já no Brasil, comprei uns perfumes de encomenda…
… e também alguns itens “bunda”, tipo rímel, demaquilante, chiclete e chocolate Lindt, hehehe.
Essa lata é só de bombons ao leite e com avelã.

Trident Layers

5 de abril de 2010 - segunda-feira - 17:08h   •   Categoria(s): Recomendações... ou não!

Eu tô achando que tenho queda por balas e chicletes bonitões… XD

Esse Trident Layers eu achei numa padoca chique perto de casa. “With real fruit flavor”, rsrs.
Green apple + golden pineapple…
Meleca verde no meio.

É bem azedinho, e confesso que não sei identificar se o chiclete que é de maçã verde ou se é a melequinha do meio. Ok, pelo desenho, supõe-se que seja maçã com recheio de abacaxi… mas a maçã não é verde? E o abacaxi não é amarelo? >_<
Enfim, é mais um chiclete pra se saborear do que um chiclete “funcional” (vulgo tira-bafo). A refrescância dele é bem fraquinha, sendo perceptível só quando se dá um respirão pela boca.

Não lembro quanto custou. E dá mó dó porque uma parte da melequinha fica grudada no papel. =P

Twinings Of London

15 de março de 2010 - segunda-feira - 20:11h   •   Categoria(s): Recomendações... ou não!

Eu sempre gostei muito de chá. Eu me lembro que na adolescência, eu consumia a rodo aqueles chás da Parmalat, nas caixinhas de tetrapak.
Outro dia, eu tava no supermercado, olhando a prateleira de chás, pra ver o que tinha de legal. Vi uma caixa de metal, linda, que me chamou a atenção.
Confesso que comprei o chá porque era bonito, e porque estavam escritas as palavras “London” e “English breakfast” na caixa.
Aí depois eu fui pesquisar…
Era “somente” a marca Twinings Of London.
Segundo a embalagem, é um blend tradicional de chás pretos, criando um sabor rico e satisfatório. Rs…
Só a “porcelana” não é muito adequada, hehe.
Como se trata de chá preto, é um pouco amargo, com o gosto um pouquinho forte. Confesso que esse tipo de chá não é dos meus preferidos.
Mas vale a chiqueteza, rsrs.