Tag: ‘Física’

Teorias quânticas da gravitação e esmaltes

4 de agosto de 2010 - quarta-feira - 21:20h   •   Categoria(s): Cotidiano, Lia

A energia requerida para perceber a natureza quântica da gravidade é enorme, e a física quântica nos diz quanto é enorme. Teoricamente, se conseguiss… NOSSA! Esse esmalte que eu passei realmente é lindo!”
Rsrsrs… Isso fui eu anteontem, com o livro que estou lendo atualmente. Mas isso SOU eu, transitando entre a minha eterna noia (livros) e a minha mais nova noia (esmaltes).

O livro chama-se Você Está Aqui, de Christopher Potter. Fala de assuntos ultra fucking-foda como Astronomia, Teoria da Relatividade, Física Quântica, Aceleradores de Partículas (quem leu Anjos e Demônios?), Teoria das Cordas (quem assiste The Big Bang Theory?), mas explicado de uma maneira não tão fucking-foda assim, pra pessoas que não são fucking-foda poderem entender. Dado que tem partes do livro que eu não entendo NADA, isso já é um bom aviso me dizendo que tô longe de ser fucking-foda. Mas não custa tentar. rs…
Ganhei o livro do meu gatito no Dia dos Namorados, só que não foi presente de Dia dos Namorados, rs.

O esmalte é um perolado shimmer (Amor 117 – Mohda) com uma camada de glitter (Criativa – Skin Color). As cores que eu uso continuam clarinhas, mas estou conseguindo ter coordenação para pintar com vernizes mais pigmentados, não tão transparentes como no comecinho.

Um dia eu escrevo melhor sobre esse meu jeito contraditório de ser… =)

Comentando Livros #10

8 de outubro de 2006 - domingo - 22:45h   •   Categoria(s): Comentando Livros

Título: Breve História de Quase Tudo
Autor: Bill Bryson
Ano: 2003
Descrição: Ao constatar que ignorava o porquê dos oceanos serem salgados, o renomado escritor e cronista Bill Bryson percebeu, com certo desagrado, que tinha pouquíssimo conhecimento sobre o planeta em que vivia. A indagação o propeliu à tarefa épica de entender – e explicar – tudo o que sabemos sobre o mundo. Bryson parte da origem do universo e segue até os dias de hoje, tratando de assuntos relacionados à física, geologia, paleontologia e todas as outras disciplinas que considerava ‘maçantes’ na escola. Antítese do texto didático tradicional, sua prosa foge dos jargões técnicos sem nunca abrir mão da profundidade. A preocupação do autor está em entender como os cientistas realizam suas descobertas. Para compilar esta ‘Breve história de quase tudo’, Bryson consultou dezenas de obras e pesquisadores e montou o que pode ser considerado um guia de viagens pela ciência.
Escala-Lia:
Comentário: A princípio, este livro me chamou a atenção pela sua proposta. Ao longo da leitura, me surpreendi pelo quão bem escrito ele é.
O que eu mais gostei neste livro foi a maneira como assuntos maçantes foram expostos, de forma que a leitura se tornava leve e extremamente agradável. O autor fala da criação do universo, da física das partículas, de Einstein e da evolução da espécie humana como se estivesse contando um “causo” pra você.
Recomendável se você interessa por assuntos científicos mas não tem paciência para ficar lendo livros com fórmulas e termos técnicos.