Tag: ‘música’

Punta Cana – música dominicana

21 de abril de 2010 - quarta-feira - 14:27h   •   Categoria(s): Viagens

As músicas típicas da República Dominicana são o merengue e a bachata [batcháta].
Pra ouvidos leigos como o meu, um modo fácil de perceber a diferença destes 2 gêneros é pela velocidade do ritmo. Enquanto o merengue é rápido e enérgico, a bachata é mais lenta, como se fosse um belo lamento de amor.

O merengue se originou na República Dominicana no fim do Século XIX e a origem da palavra remonta à época colonial, proveniente do nome dado aos bailes entre algumas das culturas africanas trazidas do Guiné (oeste da África).
O grupo do vídeo, Los Hermanos Rosario, é uma orquestra dominicana de merengue, surgido em 1978, da cidade dominicana de Higüey.

A bachata, por sua vez, “nasceu” em 1962, também na República Dominicana. É considerada um híbrido do bolero com outras influências musicais africanas e estilos como tango.
Um dos grupos mais famosos de bachata atualmente é o Aventura, surgido em 1994. Formado por 4 jovens nascidos americanos, porém de raízes dominicanas, o estilo musical deles é diferente dos demais bachateros por causa da influência do R&B na sua música.

Aproveitando o post sobre música, teve uma que simplesmente grudou no meu cérebro durante a viagem. Não se encaixa em nenhum dos gêneros citados acima. Chama-se ¿Qué Tengo Que Hacer?, lançado por um cantor chamado Omega “El Fuerte”. É na verdade uma regravação e remixagem do original do Daddy Yankee (2009).
Essa música tocou durante a viagem inteira! Todos os dias! Onde quer que eu estivesse: piscina do hotel, busão do passeio, barco ou loja de shopping. No 3º ou 4º dia, eu já conseguia até cantar o refrão…
Eu acho que não tem clipe, e não reparem no “bicho bunítchu” que o moço é… O que vale é a música, rs, que por acaso já está no meu iPod.

O original do Daddy Yankee está aqui, que também é muito boa, mas não tem a energia da regravação.

A grande maioria das informações, eu peguei no Wikipedia. Se quiser saber mais, seguem alguns links:
Merengue
Bachata
Los Hermanos Rosario (em espanhol)
Grupo Aventura (em espanhol)

EXILE / ふたつの唇

14 de março de 2010 - domingo - 19:32h   •   Categoria(s): Cultura japonesa

ふたつの唇 (futatsu no kuchibiru) [futátsu no kutibiru] é o 32º single do EXILE, lançado em 11 de novembro de 2009.

Depois de limpar a baba escorrendo pelo canto da boca, segue a minha avaliação:
Música agradável, gostosa de escutar, envolvente, como o EXILE de sempre. Clipe muito legal, com imagens muito bonitas e cenas bem forçadas. Os meninos lindos como sempre. A voz do Atsushi fazendo minhas pernas bambearem, como sempre. Takahiro causando Adolescente Mode ON em mim, como sempre.
Enfim, perfeitos. ♥

DVD EXILE – The Monster Live Tour 2009

7 de março de 2010 - domingo - 20:01h   •   Categoria(s): Cultura japonesa

No fim do ano passado, alguns colegas japoneses do ジュリオ voltaram pro Japão pra passar lá as festividades. E ele perguntou se alguém queria alguma coisa de lá, mas que fosse algo pequeno e tranquilo pra trazer.
Primeira coisa que eu pensei: DVD da turnê de 2009 do EXILE!!! Hehehe.
Como andou meio difícil de eu e o ジュリオ nos encontrarmos, ele só conseguiu me entregar hoje, no casamento da Sayuri.Legal dos encartes de CD’s e DVD’s japas é que tem as letras das músicas. Não que eu vá ficar manuseando (porque estraga, hahaha), mas é legal mesmo assim, hehehe.
…E tem fotinhos também, huhuhu.
São 2 discos pro show inteiro.
Acho que não preciso dizer pra vocês que passei mal, né?

No canal da avex network tem vários trechinhos desse DVD. Segue o Someday, basiquíssimo.

Ai No Corrida

1 de novembro de 2009 - domingo - 13:05h   •   Categoria(s): Cultura japonesa

Junte numa panela só: a vontade de conhecer Shibuya, o sonho de fazer compras na Meca das gyaru, uma iminente viagem de férias ao Japão, um vídeo engraçado e uma música contagiante. Misture tudo e jogue dentro do seu coração. E assim você conseguirá entender o que se passava comigo em Janeiro ou Fevereiro desse ano, quando eu estava correndo atrás dos preparativos pra passear no Nihon.
Em seguida, vá pro Nihon! Apaixone-se pelo país e entenderá por que Ai No Corrida (versão da Uniting Nations) despedaça meu coração até hoje.
…E eu estive em todos os lugares onde se passa o vídeo: Hachiko Crossing, Shibuya 109 (”O Shopping”), Center Gai (é gááái… e não guêi, rs). E ficava desejando ter para mim um pacotão de batatas fritas (1:31 até 1:41).

Ai No Corrida – Uniting Nations

Ai no corrida, that’s where I am
You send me there
You dream is my command

You and nothing else

I hold you, I touch you
In a maze can’t find my way
I think you, I drink you
I’m being served you on a tray
You see boy
That’s what I go through every day
Is this the way it should feel?

Ai no corrida, that’s where I am
You send me there
You dream is my command

You and nothing else

Before my heart saw you
Each day was just another day
Night, the lonely interlude
Just came, then blew away
You know boy
That’s what I go through every day
Is this the way it should feel?